Comunicados

Investigado por:2021-12-31

Comprova encerra quarta fase com 187 verificações de conteúdos que viralizaram nas redes

O projeto Comprova encerrou a quarta fase, iniciada em abril de 2021, com 187 verificações de conteúdos que viralizaram nas redes sociais e em aplicativos de mensagens sobre a pandemia, políticas públicas do governo federal e eleições presidenciais. Dessas, somente 3 foram consideradas verdadeiras. As demais verificações receberam rótulos de enganoso ou falso.

O Comprova é um projeto colaborativo, criado por iniciativa da First Draft, do qual participam 33 organizações de mídia e é liderado pela Abraji – Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. O projeto foi financiado em 2021 por Meta Journalism Project e Google News Initiative e recebeu também apoio do WhatsApp.

Em 2021, o Comprova lançou um novo número de WhatsApp para atendimento das sugestões de verificação enviadas pelo público e recebeu, para um período de residência, nove jornalistas selecionados entre os concluintes do curso Monitoramento e investigação de conteúdos digitais promovido pela Abraji.

A quarta fase foi dominada ainda pelos temas relacionados à pandemia de covid-19. Foram 119 verificações de conteúdos suspeitos que obtiveram grande alcance, sobretudo sobre vacinas e tratamentos sem eficácia comprovada contra o coronavírus. Os jornalistas do Comprova também investigaram 34 postagens que envolviam políticas públicas relacionadas ao governo federal, tema que está no escopo do projeto desde 2019, e outras 34 já sobre as eleições presidenciais de 2022.

O projeto tem acompanhado a dinâmica da produção da desinformação no Brasil sobretudo em um ambiente no qual há convicções formadas ao longo do tempo por conteúdos enganosos. Cada vez mais, nossos jornalistas têm se esforçado para entender os contextos de quem publica mensagens enganosas ou deliberadamente falsas e seguido a regra de tentar ouvir quem criou os conteúdos investigados. Ampliamos também nosso monitoramento para avaliar o impacto da desinformação manifestado não somente pelos números de engajamento e alcance, mas também para o efeito provocado nas pessoas e que é manifestado nas áreas de comentários das publicações.

No final de 2021, o Comprova apresentou um novo formato de verificação. O Comprova explica usa técnicas de jornalismo explicativo, numa tentativa de levar informações verificadas e mais contexto sobre temas que estejam sendo tratados nas redes e que necessitam de esclarecimentos.

Colaboradores

O projeto contou com a colaboração de 53 repórteres nessa quarta fase. Eles trabalharam em grupos de três jornalistas, em média, fazendo investigações que depois eram validadas por seus pares, pelos jornalistas de veículos que não participaram da investigação. O Comprova só publica investigações que tenham sido validadas por pelo menos três outros veículos que não participaram do trabalho de verificação. Esse cross-checking é parte da metodologia do projeto e visa reduzir riscos de erros.

O Comprova também recebeu apoio de estudantes de jornalismo da FAAP que colaboraram com as equipes de monitoramento, verificação e distribuição, e da equipe da Abraji. Na sequência, publicamos a relação de todas as pessoas que se envolveram na quarta fase do Comprova.

Verificadores

Adriana Bernardes Medeiros – Correio Braziliense

Alessandra Monnerat – Estadão

Aline Nunes – A Gazeta

Ana Carolina Santos – Estadão

Ana Isabel Mansur – Correio Braziliense

Ana Luiza Bongiovani – Band News FM

Ana Viriato – Crusoé

André Spigariol – Crusoé

Bernardo Barbosa – UOL

Brenda Fernández – Correio do Povo

Bruna Barone – Band News FM

Camila de Carli – AFP

Carlos Holanda – O Povo

Caroline Nunes – Alma Preta

Catarina Duarte – NSC

Cecília Sorgine – AFP

Cibele Moreira Costa – Correio Braziliense

Cido Coelho – SBT

Clarissa Pacheco – Correio e Estadão

Daniel Bramatti – Estadão

Fredy Alexandrakis – Nexo

Gabi Coelho – Estadão

Gabriela Oliva – Poder360

Gabrielle Tavares – Correio do Estado

Izabela Carvalho – Correio do Estado

João Carlos Coutinho – SBT

João Felipe Carvalho – piauí

Juliana Arreguy – UOL

Karla Araújo – O Popular

Leticia Kleim – piauí

Luciana Loebens Marschall – Correio de Carajás

Luisa Alcantara e Silva – Folha de S. Paulo e Projeto Residência

Luiza Queiroz – AFP

Maria Clara Pestre – AFP

Matheus Chaparini – Grupo Sinos

Mayara Morales – Grupo Sinos

Melissa Fernandez – Poder360

Munise Vargas – SBT

Nadine Nascimento – Alma Preta

Nathália Pavão – GZH

Pablo Fernandez – Band News

Paulo Veras – Jornal do Commercio

Pedro Prata – Estadão

Rayanne Albuquerque – UOL

Samara Schwingel – Correio Braziliense

Samuel Lima – Estadão

Sarah Teófilo – Correio Braziliense

Thais Brunoro – Estadão

Thais Libni da Costa – Correio do Estado

Thalys Alcântara – O Popular

Thatiany Nascimento – Diário do Nordeste

Thays Martins – Correio Braziliense

Victor Pereira – Estadão

Wagner Mendes Crispim – Diário do Nordeste

Estagiários da FAAP

Ana Luiza Sousa Peixoto

Davi Krasilchik

Gabriela Martins

Maria Júlia Giovanini

Maria Sampaio

Editores

David Michelsohn

Helio Miguel Filho

José Antônio Lima

Sérgio Lüdtke

Equipe Abraji

Adriana Misiunas

Ana Beatriz Assam

Cristina Zahar

Letícia Klein

Regis Cerqueira

 

A fase 5 do Comprova começará em 3 de janeiro de 2022.