Comunicados

Investigado por:2021-12-30

Com 9 participantes, primeiro Programa de Residência do Comprova publicou 12 verificações

O Projeto Comprova realizou em 2021  a primeira edição do Programa de Residência. Durante dois meses, entre 20 de setembro e 12 de novembro, nove jornalistas, de três regiões do país – Sul, Sudeste e Nordeste, participaram de verificações de conteúdos suspeitos compartilhados em redes sociais e que obtiveram grande alcance. Os jornalistas foram selecionados de um grupo de setenta e sete pessoas que participaram da segunda turma do curso online gratuito “Monitoramento e investigação de conteúdos digitais” e se inscreveram para o programa. O curso foi promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), com apoio do Google News Initiative.

Os residentes produziram 12 verificações, que foram de conteúdo falso afirmando que Lula e Dilma pagaram 6 mil euros por jantar em Paris à foto retirada de contexto para sugerir aliança entre Alexandre de Moraes e Renan Calheiros. Os conteúdos investigados tinham como intenções mais recorrentes apoiar o presidente Jair Bolsonaro (PL) e criticar as vacinas contra o novo coronavírus.

Como nas outras verificações do Comprova, após se voluntariarem para determinada checagem, os residentes se reuniam em um grupo de WhatsApp, onde conversavam sobre o encaminhamento da apuração. O trabalho em equipe, em documentos de texto compartilhados, foi um dos pontos que mais chamou a atenção dos participantes, que nunca haviam trabalhado dessa forma.

“Foi inspirador participar do Programa de Residência e ver jornalistas de veículos concorrentes trabalhando juntos em um mesmo conteúdo, todos por um bem maior. É o ideal jornalístico colocado em prática”, afirma o jornalista Bruno Elmano, um dos residentes da primeira turma do Programa de Residência do Comprova.

Além dele, participaram também Augusto Tenório, Caroline Ferrari Farah, Dalmir Ferreira da Silva Júnior, Flávia Terres, Gustavo de Souza Justino, Marta Alencar, Rafaela Christine Roberto de Carvalho e Thaís Marques. Sob o comando do editor Sérgio Lüdtke, a coordenação ficou a cargo de Luisa Alcantara e Silva, da Folha de S.Paulo, que trabalhou com o editor-assistente José Antonio Lima, o editor de distribuição Helio Miguel Filho e o editor de arte David Michelsohn.

No início de 2022, começa a segunda Residência do Comprova, voltada para participantes da terceira turma do curso, realizada no último mês de novembro. Fique atento ao nosso site para mais informações.

Por Luisa Alcantara e Silva